Empreender: a arte da realização!

Empreender: a arte da realização!

Meu  nome  é  Leonel  Zilli,  comecei  a  desenvolver  esse  trabalho  através  da  minha  própria  carreira  empreendedora.  No  final  da  minha  faculdade  eu  queria  empreender,  fiz  cursos me especializei, li livros e me informei. Comecei a frequentar o cenário de empreendedores de Porto  Alegre.  Fazer  vários  contatos.  Mas  meu  projeto  não  saia,  algo  estava errado.  Eu  não tinha   motivação,   faltava   algo,   um   propósito.

Porque   eu   iria   montar uma   empresa   de publicidade  se  o  que  eu  sempre  gostei  foi  de  trabalhar  com  pessoas?  Eu  comecei  a  me desmotivar.  E  agora  onde  está  o  empreendedor?

Eu  achei  que  isso  não  fazia  mais sentido. Nada  mais  fazia  sentido.  Então  me ressetei  (sic)  e  entrei  em  um  processo  de  reconstrução pessoal  e  profissional.  Viver  e  sentir  essa  crise  era importante.  Eu  precisava  me  dar  conta  do que  se  passava  dentro  de  mim.  Precisava  encontrar  este  algo  maior,  a  minha  missão  neste mundo.  Então  me  deparei  com  tudo  isso  e  decidi  criar  um  projeto  que  hoje  se  tornou  uma empresa:  a  Mindstart.

O  trabalho  surgiu  para  alimentar  a  cultura  empreendedora  com um sentido  do  trabalho  para  a  vida.  Para  repassar  os  ensinamentos  que  aprendi  com  a  minha jornada.  Trazer  o  que  de  mais  belo  e  essencial  dos  conceitos  de  psicologia,  administração, empreendedorismo  e  autorreflexão  podem  exercer  na  mente  humana,  e  especialmente  na vida  de  um  empreendedor.

O  meu  trabalho  hoje  é  repleto  de  sentido  e  estou  aqui  para transformar   a   carreira   e   os   negócios   em   algo   que   transcenda   o   plano   financeiro   ou ocupacional.  Algo  que  preencha  suas  vidas  com  um  significado  último.  Aquele  momento  em que  o  trabalho  encontra  um  tom  artístico  e  passa  a  se  tornar  um  mecanismo  de  busca  por realização  e  satisfação.  O  prazer  no  seu  maior  estado  de  consciência  individual  e  social.  O empreendedorismo em seu estado natural e organísmico.

Hoje vivemos numa sociedade em que empreendedor assume um papel de destaque. Existe  um  grande  aumento  da  procura  e  da  cultura  empreendedora  fortalecido  pelas  tendências  tecnológicas  e  de  novos  paradigmas  científicos.  Os  empreendedores  que  antes  eram vistos  como  aberrações  sociais,  hoje  são  reconhecidos  como  um  grupo  de  sonhadores  que trazem novas soluções para problemas antigos. Isso faz com que muitos se inspirem em seguir esta  carreira.

Segundo  uma  pesquisa  da  Consultoria  Deloitte  sobre  o  futuro  do  Trabalho, mostrou-se  que  36%  das  pessoas  querem  investir  no  próprio  negócio  e  que  45%  pretende conciliar  o  emprego  com  o  seu  empreendimento.

São  dados  como  este  que me  fazem acreditar  que  ser  um  empreendedor,  mais  do  que  nunca,  representa  o  sangue  novo  na sociedade.   Seja   dentro   de   uma   grande   empresa   ou   construindo   o   próprio   negócio.

Empreender significa criar algo novo, mostrar algo que nunca se viu ou simplesmente desafiar aquilo de que já se tem conhecimento.  Está  na  essência  de  empreender  a  arte  da  realização.  Transformar  algo  que  pode  ser em  algo  que  efetivamente  é.  Para  que  este  processo  de  transformação  ocorra  sem  grandes abalos  é  necessário  saber  exatamente  qual  é  o  sentido  que  a  carreira  empreendedora  tem para cada um. Pois este é singular e único, aqui não se trata de um propósito somente. Mas de entender  qual  a  importância  que  o  ato  de  empreender  tem  para  mim  e  como  eu  consigo extrair os melhores recursos a partir  desta tomada de consciência e estabelecer um plano de ação  para  alcançar  meus  objetivos.  Isto  exige  um  exercício  muito  mais profundo  e  que  vai muito  além  de  nossas  formas  tradicionais  de  nos  relacionar  consigo  mesmos.  Entretanto,  é somente mergulhando nessa fonte de autoconhecimento que desvendamos muitos de nossos medos e sentimentos que nos impedem de atingir o que queremos. O processo  é muito mais intenso  do  que  é  colocado  pela  mídia.

Empreender  altera  em  muito  a  maneira  como  eu  vou me  relacionar  comigo,  com  o  mundo,  com  as  pessoas  ao  meu  redor,  com  minha  vida financeira,  com  meus  hobbies  e  atividades  de  lazer  e  muitas  outras  estruturas  psicossociais que estão implicadas no nosso processo de vida.

Porque é isso! Empreender é um processo de vida. Uma escolha que pode ser feita por qualquer um, mas que tem um caminho que poucos suportam ou sobrevivem.

Porque envolve estar frente a frente consigo mesmo.  É como olhar para um espelho e se deparar com toda a beleza existente, mas também com aquilo que não gostamos. É algo incrivelmente assustador e extremamente libertador ao mesmo tempo.

Você já parou para pensar em tudo aquilo que sempre desejou mas ainda está longe de conquistar?

Pois  então,  é  exatamente  neste  ponto  que  me  refiro,  você  é  o  maior  responsável  por  tudo aquilo que o cerca e por toda a sua realidade. Se você não está contente, mude! Mudar exige coragem, a coragem que todo empreendedor deve ter de não desistir na caminhada de ver seu sonho realizado.

A  dica  para  começar é  estar  presente  e  ciente  do  que  esta  acontecendo  a  sua  volta. Pergunte-se o que minha carreira ou meu negócio tem feito de mim? Eu estou cada dia melhor ou  estou  cada  vez  mais  drenado  ou  sem  energias?  Estas  perguntas  irão  te  ajudar  a  refletir sobre os impactos das ações que você está tomando e irão mostrar as direções que você está seguindo. A carreira empreendedora poderá ser realizadora e cheia de sentido ou ser um fardo a ser carregado e uma ameaça ao bem-estar.

É aí, qual lado você quer para sua vida?

Próximo Conteúdo

Your email address will not be published.